Beleza

Óleo Dove Nutrição Pure Care Dry Oil

domingo, março 29, 2015

Óleo-promete-iluminar-e-diminuir-o-frizz-dos-cabelos-1-1

Oi, borboletas!

Nos últimos anos o mundo da beleza tem tido muitos óleos nutritivos, reparadores, protetores, invadindo as prateleiras. Eu mesma já usei e falei aqui sobre o uso de alguns.

Já faz algum tempo que a Dove trouxe para o mercado um desses óleos e deu a ele um nome “bonito”: Óleo Dove Nutrição Pure Care Dry Oil, nome meio metido a besta, mas tem a mesma temática dos óleos de argan, óleo extraordinário, óleo reparação fructis…

Eu mostrei esse óleo em um vídeo de comprinhas, no canal, mas ainda não havia falado sobre o produto. Já estou no finalzinho do produto e acordei para a vida! É agora ou nunca!

Na verdade eu demorei a começar a usar porque ainda tinha o Extraordinário L’Oreal aqui em uso.

Bem, a começar pela embalagem…

Já falei em algum momento, que a exuberância da embalagem em vidro é um perigo constante para mim, desastrada de carteirinha. Acredito que boa parte do valor do produto também esteja incorporado à embalagem, portanto, apesar de bonita, não acredito que embalagem de vidro tenha sido uma boa sacada. Apesar disso, embalagem com pump, boa porque não corre o risco de sair demais, não tem que por a mão na boca da embalagem, etc.

DSC07714

Ao produto…

A empresa o apresenta como:

“Um precioso tratamento com infusão de Óleo de Macadâmia Africana proporciona excepcional flexibilidade aos cabelos. Sua fórmula de rápida absorção, com altas propriedades nutritivas, penetra profundamente no interior dos fios e nutre intensamente.Ajuda a repor lipídeos intensamente, suaviza a textura dá brilho, sem deixa-los pesados.”

Eu, por experiência com outros, acreditei em cada palavra! kkk

Bom, gente, o cheiro do óleo é bem agradável, marcante, e foge do cheiro tradicional Dove, o que é ótimo!

Óleo completamente sem cor, de textura bem parecida com os outros já apresentados.

DSC07716

Aplicado no cabelo, em primeiro plano, não é diferente, mas… ao longo do tempo ele pesa sim.

Explicando como “reparador”: a gente passa no prímeiro dia/vez  e tá tudo ok. Ameniza o frizz, alinha os cabelos. Mas fatalmente depois de um tempo, um dia, você sentirá necessidade de repassá-lo (é assim com todo mundo),  aí sim “pesa”. Não é um óleo que dê para repassar sem ficar pesado.

Como protetor térmico foi minha maior decepção. Eu uso esses óleos como protetores térmicos, mas senti que meus cabelos não ficaram protegidos neste período. Só não foi mais grave porque antes da escova eu uso o 7 em 1 Minas Flor. Mas há muito tempo meu cabelo não teve as pontas tão estragadas pelos processos de secagem e pranchamento. Tanto que tive que partir para o plano B e cortar o cabelo novamente, contra a minha vontade.

Cheguei a pensar que eu realmente estava errada e ele não deveria ser usado como protetor térmico, mas consta no modo de uso dele:

“Modo de Usar:
Para melhores resultados, aplique 3 ou 4 doses na palma das mãos. Espalhe uniformemente no comprimento do cabelo limpo e úmido.
Deixe secar naturalmente ou use secador. Pode ser usado também antes do shampoo como tratamento nutritivo e antes da escova para proteger os cabelos.”

Final das contas: não aprovei! O Extraordinário continua na frente!

E vocês? Me contem o que acharam do produto!

Beijos!

You Might Also Like

0 comentários

Deixe seu comentário aqui!

Seguidores

Google+ Followers