Beleza

Mudou o cheiro, aspecto, textura! O que fazer? Aconteceu com meu óleo de cártamo. Fica a dica!

terça-feira, novembro 24, 2015

13329633

Oi meninas!

Há um tempo atrás eu falei para vocês, inclusive por vídeo, que eu estava usando o óleo de cártamo para crescimento dos cabelos.  Não viu? Pode verificar aqui e aqui.

Realmente o efeito estava sendo muito bom. Senti meu cabelo ficar fortalecido e um crescimento acima da média sem uso de produtos auxiliares.

Aí o que eu fiz?

Como eu estava com diversas coisas para experimentar, acabei juntando outros óleos a ele, e passei a testar outras coisas também, deixando o óleo de lado, pelo único motivo de não misturar o efeito de um produto com outro.

Quando testo um produto, gosto de testar um apenas, para saber o que realmente faz efeito. Imaginem se eu uso o óleo, e um shampoo misturado, e um tônico e um remédio de uso oral…tudo ao mesmo tempo. Se der certo ou errado, eu não vou conseguir saber quem foi o responsável, porque teria usado tudo ao mesmo tempo!

Então, deixei o óleo de lado…

Pouco tempo atrás, resolvi voltar a usar o super óleo, para finalizá-lo mesmo. E já que sabia do resultado que tive com ele, não poderia deixar o prazo de validade dele passar.

Mas vejam bem, quando a gente mistura os óleos, teoricamente a validade passa a ser a mais próxima dos óleos que a gente uniu. Mas é preciso tomar muito cuidado, porque eles podem reagir, você pode ter usado alguma embalagem não limpa adequadamente, pode entrar ar, água… qualquer elemento que possa alterar essa data de validade. Por isso quando se faz misturas a gente precisa prestar mais atenção ao produto, além da validade.

Meu óleo estava ok, prazo de validade estava certo, textura, cheiro, aparência… tudo certinho. Resolvi então acrescentar gengibre… que também auxilia no crescimento e fortalecimento.

Com o passar dos dias, percebi que, apesar de continuar translúcido, com a mesma textura, sem apresentar sinais de mofo ou qualquer corpo estranho dentro, o óleo passou a ter um cheiro horrível! De coisa podre! Não rolou!

Resultado, perdi minha mistura de óleos.

Nesse caso gente, não dá para arriscar! Essas misturas podem acabar causando efeito contrário, ou simplesmente não fazer efeito algum. Mas para quê perder tempo?

Fiquei chateada com a perda dos produtos, mas… fazer o que?

Agora fica a dica para todas vocês! No meu caso, não teria como passar desapercebido porque o cheiro mudou muuuito! Mas é preciso tomar cuidado com os detalhes, porque eles podem ser bem sutis. Fiquem de olho e nariz ligados. Pode mudar a textura, o óleo ficar mais “aguado”, ficar turvo, aparecer sujidades como mofo, algo parecido. Fiquem de olho! E com qualquer sinal de mudança, mesmo com o prazo de validade estando ok, o melhor é não arriscar! Descarta, amiga!

20151122_222724 (1)

Espero que esta dica ajude a todos que a lerem!

Abraços!

You Might Also Like

0 comentários

Deixe seu comentário aqui!

Seguidores

Google+ Followers