Leituras

RESENHA: A MULHER PERFEITA É UMA VACA! GUIA DE SOBREVIVÊNCIA PARA MULHERES NORMAIS

sábado, abril 29, 2017


Um misto de emoções me afronta ao ler este livro. Ainda não pude balancear entre positivo e negativo.
Bem, meu erro primeiro foi ler apenas ao título e esquecer o subtítulo. Se tivesse lido “guia” e tivesse me remetido a seu significado, de fato, teria pensado duas vezes, e desistiria da compra.
Eu queria um romance e não um guia. Sim, eu esperava humor, mas uma ponta de drama em um romance. Essa era minha expectativa. Mas foi um erro meu.

Sim, humor. Trata-se de um guia, logicamente, temperado com humor. Supostamente para nos deixar em um panorama “bom” em não sermos uma “mulher perfeita”.
De fato, poderia dizer que me sinto feliz em não ser uma vaca. Mas ninguém consegue ser!
Ninguém consegue, em 100% do tempo ser linda, paciente, inteligente, pronta, proativa, impecável, generosa, compreensiva, etc, etc, etc...
Vacas não existem! Fique feliz em ser normal, mas acostume-se com a ideia de que todas são normais.
Bem, mas sobre o “enredo”..
Me incomoda o uso de “regras” e preceitos (dicas, instruções) que nunca tinham a ver um com outro. O corte de pensamento tirava boa porcentagem do meu humor. Há uma regra principal seguidas de regras menores. Mas elas nunca tinham associação. Que lógica tem nisso?
Já li livros em que a história não me agradou, livros em que a história é boa, mas a forma de escrever não foi tão brilhante... mas esse livro...
A falta de gradatividade, linearidade me incomodou muito!
O livro se apresenta em várias partes, dissociáveis entre si. O lado bom é que tanto faz ler do início pro final, do final pro início, abrir qualquer página a esmo... O ruim é que não existe ápice. (Vivi, não é um romance!)

Existem algumas partes que te fazem rir, algumas te fazem se identificar, mas no geral, é um guia longe e me fazer sentir que foi escrito pra mim.
Talvez esteja aí a questão: não sou perfeita, nem normal, (que porcaria de tipo de mulher eu sou?) não me identifiquei em nenhum lado e o livro não fez sentido para mim.
Porém, contudo, entretanto, todavia... algumas mulheres (talvez as normais de ego menor) podem se sentir “melhores”, com alguns relatos. Pelo menos é o que está escrito na sinopse.
Quanto a mim... poxa, nem sou perfeita, nem sou normal...

Em busca de um livro feito para mim.

You Might Also Like

0 comentários

Deixe seu comentário aqui!

Seguidores

Google+ Followers